MÚSICA

 

Banda Adorai abre primeira noite do encontro de campistas

 

Com momentos de louvor e emoção, músicos fizeram o público recordar momentos vividos em seus acampamentos

 

Textos: Jéssica Soares

Fotos: Eveline Zarpelão e Leandro Campos

Encontro de Campistas 1º Encontro de Campistas de Presidente

Na noite de sexta-feira (27), a Banda Adorai abriu o primeiro dia do Encontro de Campistas da Diocese de Presidente Prudente. Para o repertório, o grupo escolheu canções que recordam acampamentos, além de músicas autorais que animaram e emocionaram o público no Recinto de Exposições Jacob Tosello.

 

A banda, que tem como missão transmitir o amor de Deus por meio da música, nasceu há sete anos em Presidente Prudente e tem entre seus integrantes Diego Santos (bateria), Ausley Franco (baixo), Alessandro Tofanelli (guitarra), Aldinei Franco (teclados) e no vocal Bruno Eduardo, Ester Dalssas e Nádia Oliveira.

 

Uma das vozes da banda, Ester Dalssas, fala sobre como a música vai sempre à frente e faz com que muitas pessoas sejam tocadas. Para ela, o encontro de campistas é um momento muito importante para a Diocese. “É um reavivamento da nossa fé, um convite para avançar para águas mais profundas. E para nós, como Banda, estar aqui também é muito importante”, ressalta.

 

Para Nádia Oliveira, também vocalista do grupo, participar do evento é mais um chamado para ser Igreja fora da Igreja. “É também uma oportunidade para que a gente se abasteça e conheça outros focos”.

 

Um dos momentos do show que mais emocionaram foi quando a banda tocou “Cada Instante”, canção que foi lançada no evento. A música, que é inspirada em um acampamento, fez o público recordar momentos vividos em seus próprios acampamentos. “Nos fez pensar na companhia, um ajudando o outro, a amizade e a força que encontramos dentro do acampamento”, conta Maria Aparecida, da Paróquia Santa Luzia de Anhumas.

 

O casal de namorados Debora Rocha e Marcos Failli contou que participaram juntos do Acampamento Juvenil em 2013, na Paróquia São Judas Tadeu, em Presidente Prudente. “A música fez vir à tona vários momentos que vivemos em nosso acampamento”.